Dicas: Quanto custa viajar para a Noruega?

Não vamos negar, a Noruega é um país caro.

Eles não estão na zona do Euro, e até para os Europeus não é um lugar barato. A moeda local é a Coroa Norueguesa (ou NOK), e a conta por cima que usávamos para aproximar os valores era que 1 euro valia 10 kronas. Em meio à crise política/econômica que o Brasil passava, com o real extremamente desvalorizado, preferíamos converter tudo para Euro para não bater aquela depressão! hehe

O jeito mais barato de se conhecer o país é de forma autônoma, alugando uma Camper e fazendo o roteiro todo por conta. Fugimos de hotéis, tours e restaurantes. Ao invés de uma viagem convencional como essa, optamos pela liberdade e economia, abrindo mão do luxo e conforto.

Alugamos o nosso carro na Nordic Campers, que recomendamos! Com o preço de baixa temporada, cerca de 120 Euros por dia, pegamos um carro para duas pessoas, equipado com um bujãozinho de gás (1 boca), utensílios de cozinha, colchão, mesa, aquecedor elétrico (que não usamos), recipientes para estocar água, cooler elétrico, e o mais importante item de sobrevivência: Internet! O sinal 3G era praticamente constante em todos os lugares que fomos, só deixava de pegar em locais muito afastados ou em cima das montanhas. Era bom que podíamos usar o Google Maps ou até mesmo o Waze a vontade, o que facilitou bastante a nossa vida!

nordic-campers-norway-view-inside

Vista de fora e de dentro do carro. Super aconchegante, né não?

Adotando a filosofia do free-camping, tínhamos a liberdade de ir para onde desse na telha, ficar o tempo que achássemos necessário, mudar roteiros on-the-fly, dormir em qualquer canto que não fosse uma propriedade particular, e contar com a extrema segurança dos países nórdicos.

O único problema mesmo era o banho… hehehe!

Bom, baaaanho baaanho assim num tinha todo dia não! Mas não vemos isso como um grande problema, porque estávamos a temperaturas próximas de zero, passávamos boa parte do dia dirigindo, enfim… quase não suava! hehehe… Então a nossa meta era um banho a cada 3 dias, aproximadamente. Nesses dias, ou passávamos a noite em Camp Sites, que ofereciam banho, cozinha e às vezes lavanderia, ou a gente tentava pagar só pelo banho, que era na média 10 kronas para 5 minutos (eles acham que 5 minutos é mais que o suficiente para um banho).

Camp-Site Sjodalen Hyttetun, onde pudémos tomar um banho quentinho, fazer uma mega janta num fogão de verdade e lavar as louças numa pia com água quente... que vidão!

Camp-Site Sjodalen Hyttetun, onde pudémos tomar um banho quentinho, fazer uma mega janta num fogão de verdade e lavar as louças numa pia com água quente… que vidão!

Toda manhã tomávamos um café da manhã composto basicamente de frutas e iogurtes. As frutas são caras por lá, mas preferimos não deixar de seguir esse nosso hábito. Os almoços eram quase sempre no carro, uma bolachinha aqui, um lanchinho ali, coisas rápidas. Mas à noite fazíamos questão de parar antes do sol se pôr e cozinhar algo saudável. A gente fazia as compras nos supermercados (REMA1000, KIWI), e era basicamente salada, verduras, arroz de saquinho (Uncle-Beans) e alguma carne (geralmente peito de frango). E sempre tínhamos algo prático também para fazer em emergências (dias chuvosos, por exemplo), como lata de atum, macarrão instantâneo, essas coisas… Cozinhar não era um grande desafio, sempre saía algo até que rápido. O duro mesmo era lavar a louça usando uma garrafinha de água como torneira, a temperaturas quase negativas! hehehe

Bruno preparando o jantar

Bruno preparando o jantar

Os nossos maiores gastos diários eram combustíveis e algumas balsas que a gente precisou pegar para atravessar algum rio. Rodamos cerca de 2500 km pelo país, e ao todo foram 1723,50 NOK de dísel, com o valor em torno de 12,50 a 13 NOK por Litro. Pegamos um total de 4 balsas, totalizando 504 NOK, e os pedágios foram 10, totalizando 283,10 NOK. O total de supermercado e comidinhas de estrada foi de mais ou menos 1000 NOK. Com isso, conseguimos tranquilamente (até com uma certa folga) manter o nosso budget diário estimado a 50 euros por dia o casal (sem contar o aluguel do carro). Claro que teve gasto de camp-site, banhos, souveniers, mas no geral ficamos dentro do orçamento.*

Ou seja, apesar de cara, a Noruega é sim possível de se fazer sem gastar as economias de uma vida. E olha, vale muito a pena!

* Nota: os valores acima são de Outubro/2015

 

 

 

Anúncios

2 Respostas para “Dicas: Quanto custa viajar para a Noruega?

  1. Pingback: Powered by Nature | Wonder World·

  2. Pingback: Akranes e as primeiras impressões da Islândia | Wonder World·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s