Seguindo para Gamle Strynefjellsvegen

A rota Sognefjellet termina na cidade de Lom, e esse trechinho final do percurso, descendo as montanhas, possui alguns mirantes, lagos e riachos como o da foto. Essas paisagens lindas eram corriqueiras, mas sempre fazia a gente parar o carro e apreciar.

Just another River in Norway de Bruno Nonogaki no 500px.com

mirante-Vegaskjelet-sognefjellet

Mirante Vegaskjelet, na rota turistica Sognefjellet

A cidade de Lom parece ser um lugar bastante preparado para o turismo convencional, com vários hotéis e restaurantes aconchegantes. Confesso que depois de 5 dias na estrada, não nos faria mal uma noite bem dormida, regada a boas comidas, vinhos, uma lareira quentinha com chocolate quente! hahaha! Mas esse gasto nem de longe caberia no nosso budget super econômico, o que nos fez apenas passar pela cidade e focar no nosso próximo destino, que era a rota Gamle Strynefjellsvegen e o famoso fiorde Geiranger.

Em Lom, ainda vimos uma (aliás, mais uma…) igreja de madeira, mas nada se comparava a Borgund Stavkirke que haviamos visitado uns dias antes, então apenas tocamos o barco, sem olhar para trás!

Lom Stave Church, de 1160

Lom Stave Church, de 1160

De lá, seguimos direto a Grotli, de onde começa uma rota bem curtinha chamada Gamle Strynefjellsvegen. O percurso de 58km pela estrada 15 foi um tanto tenso, com nuvens super carregadas, muita neblina e frio. Chegamos em Grotli e parecia que estávamos no meio do nada. A ideia era dormir lá para começar a rota no dia seguinte, mas o lugar não era nem um pouco convidativo…

Assim sendo, decidimos entrar na rota e procurar um canto para dormir lá dentro. A estrada apertada dava indícios que não ía ter muito lugar para encostar e ficar, mas felizmente encontramos uma entrada para um mini-condomínio de algumas casinhas, com uma cancela. Bom, não se pode dormir em propriedades privadas, mas acredito que do lado de fora da cancela podia… E assim foi, paramos do lado de fora, próximo a um latão de lixo onde os moradores jogavam as suas coisas. Todo mundo passava olhando meio desconfiado, mas foi ali mesmo que montamos o nosso acampamento da noite! Ê farofeiros…

 

IMG_1907

Bruno fazendo a janta da noite – Filé de frango com pimentão

 

Percurso do Quinto Dia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s